20120625

Iluminatts, filhos de Lutero?

 No século XVI a Bíblia era fonte de toda verdade estabelecida e a Igreja Católica era tida como a detentora dessa verdade. Este conceito começou a mudar quando começaram os grandes descobrimentos marítimos, estes começou a mostrar que o planeta terra era muito mais complexo do que a interpretação dada pela Igreja.

Houve, também, homens que começaram esta revolução contra a Igreja e um dos principais impulsionadores deste movimento,  foi Lutero. Lutero mostrou-se contra a Igreja católica , sua autoridade e doutrina, pregou o livre exame da Bíblia. Logo em seguida René Descartes criava sua filosofia: “se penso logo existo” e  Kant dizia:

“O Iluminismo é a evasão do estado de menoridade que o homem costuma atribuir a si próprio”. Menoridade é a incapacidade de servir-se do próprio intelecto sem o guia de nutrem. A cada um é atribuível essa menoridade, se a causa não for um defeito do intelecto, mas a falta de decisão e coragem para servir-se dele como guia. 'Savere aude (ouse saber)! Tenha a coragem de servir-se do seu Próprio intelecto”.

Se compararmos tal filosofias veremos a similaridade: Lutero pregava o livre exame da Bíblia, Kant defendia que através do uso do intelecto se chegava ao conhecimento, aqui se trata, então, de pai – Lutero - e filho-Kant.  Ambos diziam que através do próprio intelecto se chegava ao conhecimento da verdade, somente os meios para estimular o intelecto eram diferentes. Todos dois pregavam contra toda autoridade e poder, o poder, aqui no caso, era o da Igreja. O catolicismo era para ambos “ópio do povo”.

Tanto o iluminismo religioso e o filosófico eram militantes da mesma luta: Lutavam contra a Igreja Católica e contra todo poder e autoridade, ambos os movimentos tinha a intenção de tirar o poder da Igreja e colocar nas mãos dos homens.

Neste tempo surgiu os iluminados. Illuminati da Baviera, uma sociedade secreta fundada por Adam Weishaupt em 1 de maio de 1776:

*Um movimento de curta duração de republicanos livre-pensadores, o ramo mais radical do Iluminismo – a cujos seguidores foi atribuído o nome de Illuminati (mas que a si mesmos chamavam de “perfectibilistas” ou "perfeccionistas") – foi fundado pelo professor de lei canónica e jesuíta Adam Weishaupt e pelo barão protestante Adolph von Knigge, na cidade de Ingolstadt, Baviera, atual Alemanha. O grupo foi fundado com o nome de Antigos e Iluminados Profetas da Baviera, mas tem sido chamado de Ordem Illuminati, a Ordem dos Illuminati e os Illuminati bávaros.( Fonte:wikpedia)


O iluminismo foi um movimento intelectual, voltado para a busca da verdade pela razão sem a revelação, verdade em todos os campos do conhecimento, o religioso, o político, o econômico, o científico, o social e o filosófico”. Lutero ajudou a iniciar o ideal iluminista, ao defender a tese que todo o cristão tem o direito de ler a Bíblia e interpretá-la sem a tutela do Clero e do Papa.
Lutero fundou o protestantismo e Adam Weishaupt os iluminatts, ambos eram Padres católicos que não aceitavam a interpretação Bíblica da Igreja e do Papa. Pregavam descontinuidade da tradição apostólica e centralizavam o poder no individuo. Sim, Lutero foi um percussor do iluminismo que é base filosófica para a ordem iluminati.

(Fonte: qualquer livro de história que explicam como surgiu o iluminismo)

20120614

O indispensável amor de Deus.



“Deus não coloca uma nuvem sobre uma pecadora que vai a praia, Deus não fecha os olhos de um idólatra para que não contemple a beleza de sua criação. Deus ama a todos, seu amor não faz distinção de pessoas. Deus quer que todos se salvem, espera que respondamos pelo infinito amor que ELE tem por nós”.